Monthly Archives: junho 2016

Poluição – grande inimiga dos olhos

Poluição olhos

Poluição olhos

Inimiga da saúde, a poluição afeta também a saúde dos olhos, principalmente em épocas mais secas, cuja a poluição atmosférica se concentra no ar e a umidade do ar se torna mais baixa.

Os sintomas e danos à saúde dos olhos, causados pela poluição, são muitos, porém, entre os mais nítidos temos constante irritação nos olhos, ardência, coceira e lacrimejamento em excesso, entre outros desconfortos.

O desconforto sentido se traduz nos dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) sobre as cidades brasileiras cuja população supera os 100 mil habitantes. De acordo com estudo divulgado, a poluição média do ar por metro cúbico nestas cidades chega a 40 microgramas, o que significa duas vezes mais o índice aceitável.

O que os oftalmologistas recomendam para proteger os olhos da poluição?

Lavar os olhos de maneira abundante, sempre com água mineral. Esta é a principal recomendação dos médicos oftalmologistas. Outra recomendação é o uso de colírio, para atuar concomitantemente com a lavagem constante dos olhos.

No entanto, é imprescindível que o colírio seja receitado por um profissional qualificado, só assim ele terá o efeito desejado e não causará danos à saúde ocular.

Outros problemas dos olhos que são decorrentes da poluição

Pessoas que não cuidam dos olhos em locais com alto grau de poluição estão sujeitas a problemas ainda mais graves no tocante à saúde ocular.

Um deles é a inflamação da córnea, também conhecida como ceratite, bem como a temida conjuntivite.

Locais com ar-condicionado cuja manutenção não é feita regularmente ou que estejam desregulados também são perigosos aos olhos, sobretudo em locais com elevado grau de poluição atmosférica.

É importante umedecer o ambiente de trabalho e do lar, com aparelhos umidificadores. Na falta destes equipamentos, uma opção caseira é distribuir pelo local copos com água, ou bacias, ou ainda toalhas e panos umedecidos com água.

Ao sentir desconforto nas vistas e perceber qualquer problema na visão, consulte rapidamente o oftalmologista de sua confiança.

Ao sentir desconforto nas vistas e perceber qualquer problema na visão, é fundamental consultar um oftalmologista de confiança.


Como usar colírio corretamente

como-usar-colirio

Como usar colírio

No senso comum, as pessoas se habituaram ao menor sinal de irritação nos olhos a utilizar colírios, sem avaliar muitas vezes a necessidade ou até mesmo sem a orientação de um oftalmologista, o que pode acarretar sérios problemas na saúde da visão.

Como qualquer outro medicamento, os colírios merecem atenção às suas formas corretas de uso, que devem seguir à risca as recomendações de um médico especializado.

Dentre os principais erros cometidos pelos usuários, pingar em excesso, usar sem prescrição médica, ou ainda armazená-lo de maneira inadequada estão entre os principais.

Quantas gotas pingar nos olhos?

Muitas pessoas acreditam que quanto mais gotas pingar nos olhos, melhor o resultado. Errado. O ideal é pingar apenas uma gota em cada olho, sendo que é imprescindível que se pingue o colírio deitado.

Isto é necessário para que o medicamento não se perca, sendo que é recomendado também pressionar a parte lateral dos olhos, localizada próxima ao nariz, para um contato mais intenso do colírio com os olhos.

Colírio não se compartilha

Além de lavar as mãos antes de aplicar o colírio, é expressamente proibido “emprestar” o colírio para outra pessoa, pelo fato de, no caso de infecções, acabar contaminando e disseminando o vírus por meio do frasco.

Uso de mais de um colírio

Como há um tipo de colírio para cada tipo de caso e sintoma, na ocasião do oftalmologista ter prescrito mais de um colírio para o tratamento, é preciso dar o intervalo de 15 minutos entre as aplicações.

Usar colírio em combinação com lentes de contato

Os pacientes que utilizam lentes de contato devem retirá-las antes da aplicação do colírio. Para recoloca-las, é necessário respeitar o período de 10 minutos após a aplicação.

Antes de usar colírio, consulte o oftalmologista, somente ele saberá a dosagem e tipo de colírio adequado ao seu caso.


Qual o tamanho ideal para uma armação de óculos?

tamanho-certo-armacao-oculos

Quando o médico oftalmologista indica ao paciente a necessidade da utilização de óculos de grau, ou até mesmo quando a pessoa busca óculos de sol, é muito comum que surja o seguinte questionamento: como saber o tamanho de armação de óculos adequada?

tamanho-certo-armacao-oculos

Maioria das pessoas compra armação de tamanho errado

Esta dúvida gera em consequência o uso indiscriminado de armações de óculos do tamanho errado, ou seja, que não estão em harmonia com o desenho do rosto do usuário.

De acordo com os especialistas, este equívoco é bem mais comum do que se imagina. Fontes como o site IG Moda, indicam que cerca de 90% das pessoas que adquirem armações de óculos, compram os modelos que não são do tamanho correto ao seu tipo de rosto.

O que considerar para comprar o tamanho certo de armação

Para não errar na escolha, é preciso se ater a alguns pontos que são fundamentais na escolha da armação de óculos:

1- Pupila centralizada

No desenho da armação, é necessário que a pupila esteja centralizada, lembrando uma espécie de alvo. Se a armação “marca” a pele e está desconfortável, é sinal de que o tamanho não é o ideal.

2- Apoio do nariz

A área de apoio do nariz deve ser proporcional, e quanto mais elevada, mais confortável, pois consegue dividir o peso da armação.

3- A armação deve sobrepor a parte inferior aos olhos

Ao sobrepor os olhos em sua parte inferior, a armação consegue o efeito de atenuar e disfarçar as olheiras. Além disso, é importante que a sobrancelha siga o desenho da armação em seu formato. Sendo assim, as sobrancelhas jamais devem ficar na parte interior da lente.

Outro fator importante em relação ao tamanho da armação diz respeito as hastes. Elas devem ficar apoiadas nas têmporas, mas jamais devem pressionar a região.

Considerando os pontos mencionados acima é possível chegar à armação de óculos do tamanho ideal e correto a cada pessoa.


Óculos de sol com grau, é possível?

Óculos de Sol com grau

É comum que muitas pessoas nutram dúvidas a respeito de óculos de sol. Dentre as questões mais presentes, uma recorrente é sobre a possibilidade de se utilizar ou não óculos de sol com grau. Será que esta possibilidade é possível?

Óculos de sol com grau: fashion e saudável

Agregar a questão do tratamento oftalmológico por meio do grau em um acessório tipicamente da moda e fashion, como os óculos de sol é uma alternativa relativamente nova no mercado e que está dando muito certo, sendo bem aceita pelo público em geral.

Laboratório especializado em óculos de sol com grau

Produzidos em laboratórios especializados, os óculos de sol com grau são alternativos para pessoas que possuem demasiada sensibilidade a luz solar, ou ainda para aquelas que gostariam, seja por estilo ou até mesmo por gosto e estética, utilizar este acessório com a adição do grau em suas lentes.

Neste processo feito pelo laboratório, são colocadas lentes corretivas adaptadas, da mesma forma que ocorre com os óculos convencionais. A diferença se dá em sua coloração, diferenciada e extra, possibilitando uma extensa gama de opções em termos de cores.

O interessante em utilizar uns óculos de sol com grau é o fato de que, no caso de a pessoa já fazer uso de óculos de sol, ele poderá utilizar muitas vezes, a mesma armação, caso seja de seu gosto, bastando apenas inserir as novas lentes e coloração desejada.

Importância de um laboratório de confiança

O resultado do uso de lentes oftalmológicas em um óculos de sol com grau é tão natural, que o usuário nem percebe a diferença. No entanto, há no mercado laboratórios e até óticas de procedência duvidosa, que ao invés de fazerem os procedimentos corretos, lançam mão de algumas espécies de montagens, sem seguir critérios de segurança, tampouco qualidade. Daí a importância de sempre averiguar a reputação do laboratório, lentes, e todo o processo que envolva a produção dos óculos, que devem seguir à risca a receita do oftalmologista consultado.


Inverno e os cuidados especiais com a saúde da visão

A visão sempre precisa de cuidados, no entanto, principalmente no inverno, são necessários alguns cuidados especiais para que a saúde visual se mantenha estável, haja vista que é exatamente nesta estação que alguns riscos à saúde dos olhos vêm à tona.

Um dos fatores motivadores destes riscos é a queda da umidade relativa do ar. Em decorrência desta diminuição da unidade, pessoas acometidas da chamada síndrome do olho seco, ou olho ressecado, acabam sofrendo mais com sensações tais como queimação nos olhos, impressão de areia nas vistas, embaçamento da visão, e demais sintomas.

saude visao inverno

No inverno, redobre o cuidado com ar-condicionado

Vento e poeira costumam ser “otimizadores” de problemas de visão, prejudicando a saúde visual, sobretudo no inverno. Porém, eles não são os únicos “vilões” neste sentido. Pessoas que são expostas a ações mais agressivas de um ar-condicionado, por exemplo, estão sujeitas a complicações com os olhos.

Para amenizar os sintomas em decorrência de longos períodos sob a ação do ar-condicionado, poeira e vento, é importante o uso de um colírio, de preferência receitado por um oftalmologista.

O colírio age como uma lágrima artificial, ajudando a lubrificar os olhos, que costumam ficar naturalmente mais secos devido à baixa unidade.

Muita atenção aos raios UV

Não é por ser inverno que se pode descuidar de proteger os olhos. É preciso usar sempre que possível um óculos de sol para bloquear os raios UV, pois a radiação oriunda deste raio pode acarretar em graves lesões, prejudicando a saúde visual.

Degenerações da retina, catarata precoce e até mesmo alterações na conjuntiva poderão surgir, caso a pessoa não proteja os olhos dos raios UV.

Além dos problemas citados acima e do ressecamento dos olhos devido ao tempo mais seco, baixa umidade e até mesmo a poluição, a conjuntivite alérgica é outro fator muito comum nesta época do ano.

Sendo assim, é muito importante visitar um médico oftalmologista ao sentir qualquer mal-estar relacionado com a saúde visual para prevenir possíveis doenças ou trata-las.


HB Office – O máximo de conforto no trabalho

Lente HB Office

Visão clara e adequada são fatores essenciais, sobretudo quando se trata de desenvolver e desempenhar atividades no ambiente de trabalho. Pessoas que trabalham em setores como escritório, ou ainda em atividades Home Office, onde é preciso passar longos períodos fazendo leitura e escrita de relatórios, projetos, e escritas por meio de computadores, por exemplo, estão bem mais suscetíveis a forçarem a visão para enxergarem de perto ou para visualizarem a chamada área intermediária.

No entanto, não são todas as lentes existentes no mercado que favorecem este tipo de atividade. Para o uso específico ao ambiente de trabalho, as lentes HB Office são as mais indicadas, pois são capazes de oferecer tanto o conforto necessário quanto a visão mais nítida e com a adequação necessária.

Problemas de não usar lentes HB Office

Quando não se usa a lente adequada, é preciso aproximar-se mais dos objetos a serem focalizados. Com isso, cansaço e dores nas costas acabam surgindo, exatamente em decorrência deste esforço e tensão com o decorrer do tempo.

Além disso, com a maior movimentação da cabeça em busca da área intermediária, ombros acabam sendo sobrecarregados, resultando em dores musculares e pescoço após algumas horas.

Benefícios lentes HB Office

Com tecnologia de ponta (Tecnologia Digital), as lentes HB Office são ideais para que a visão e o conforto sejam otimizados durante a execução do trabalho. Dentre os benefícios que as lentes proporcionam, o principal é a posição natural correta por exemplo, o que evitará muitas da problemáticas citadas no tópico acima.

Com a visão adequada e clara, sem maiores esforços e pontos de tensão no corpo, com o uso das lentes HB Office o usuário fica livre de dores musculares e de problemas decorrentes de vistas cansadas, por exemplo, obtendo assim o máximo conforto durante o seu dia.


É preciso usar óculos de sol também no inverno?

Convencionou-se atribuir e relacionar o uso dos óculos de sol às estações mais quentes, como o verão, e contextos específicos como praia e sol. Mas será que esta é uma regra, ou apenas senso comum?

Levando-se sem conta também que o uso dos óculos de sol não é prioritariamente usado como um artefato de moda, estilo ou fashion, mas sobretudo para preservar a visão dos raios nocivos do sol, fica a dúvida: é preciso usar óculos de sol também no inverno?

oculos sol escuros inverno

Preservando a saúde dos olhos

O inverno também oferece períodos de sol, o que já configura a necessidade de se utilizar óculos de sol.

Além disso, os óculos de sol irão ajudar determinados pacientes que estão em tratamento de sintomas como “olho seco”, ou alergias oculares diversas.

Há ainda a questão de pacientes que acabaram de realizar cirurgias de catarata, por exemplo, o que requer a preservação dos olhos aos raios UV, necessitando assim a utilização dos óculos de sol.

O não uso deste acessório, sobretudo nestas situações acima descritas, pode acarretar em complicações oculares e doenças na visão.

Como evitar acidentes e lesões oculares

O uso de óculos de sol, mesmo no inverno, como vimos, vai além de uma questão de estilo, muito embora seu uso esteja atrelado aos padrões fashionistas e seus estereótipos.

A utilização de óculos escuro no inverno pode inclusive, ajudar a evitar acidentes de transito, por exemplo, devido a chamada “cegueira temporária”, que ocorre quando os raios de sol incidem sobre a visão.

Sendo assim, nunca se esqueça das funções principais dos óculos de sol, que são:

• Baixar a quantidade de luz que incide sobre os olhos;
• Proteger dos olhos da luz visível, da ação dos raios UVA e UVB e da claridade presente nos ambientes;
• Proteger a visão da ação do vento, evitando a entrada de poeira e detritos.


Transitions® Signature™e sua novidade: cor verde grafite

Transitions-Signature-Verde

A tecnologia fotossensível de última geração Transitions está entre as mais avançadas tecnologias de ponta do mercado de lentes de óculos. Antenada com o que existe de mais moderno e sempre primando pela qualidade- característica marcante das lentes Transitions, uma nova cor surge no catálogo da empresa: a lente de óculos CrizalTransitions verde grafite.

Inspiração em Hollywood

Buscando referências nas lentes usadas pelos astros e estrelas do cinema de Hollywood, a lente de óculos Transitions® Signature™ verde grafite consegue agregar além de um estilo fashion e estiloso, tão comum e emblemático como a cor e pessoas utilizadas como referências, unifica as famosas lentes com a moderna tecnologia Transitions, proporcionando ao usuário a melhor eficácia e proteção do mercado contra o brilho.

Desempenho visual superior

Outra tecnologia exclusiva e patenteada confere mais uma vantagem às lentes de óculos verde grafite da Transitions: Chromea 7™. Esta tecnologia faz da CrizalTransitions Verde Grafite a lente com melhor desempenho visual, capaz de controlar as variações de luz de qualquer ambiente. Algo que só é possível devido a esta tecnologia que revoluciona o universo das lentes de óculos.

Com as lentes Transitions é permitido ao usuário a otimização da visão, enxergando de maneira mais clara em ambientes fechados, por exemplo.

Chromatic Color Adatptation Technology

A chamada tecnologia Chromatic Color Adatptation Technology, por sua vez, proporciona maior naturalidade na visão, com uma percepção mais exata das cores, sobretudo se comparada com lentes que não utilizam a tecnologia fotossensível.

Todos estes detalhes e tecnologias colocam as lentes Transitions como um produto de ponta, proporcionando uma série de vantagens e benefícios exclusivos, como um perfeito equilíbrio entre fatores como escurecimento/clareamento e também a velocidade de desativação. Uma ótima opção de lentes de óculos.


Como manter os óculos em boas condições? (E como limpar)

Ter cuidados com os óculos é essencial para que eles se mantenham sempre em boas condições, tenham maior durabilidade e também para que se possa usufruir do acessório da melhor maneira possível.

como limpar lentes oculos

Para tanto, é necessário que o usuário tome alguns cuidados e precauções para mantê-lo em ótimas condições de uso por um longo período, preservando-o de arranhões, perca de nitidez, deformidades na armação, entre outros problemas decorrentes de acidentes e mau uso.

Existe a maneira correta de colocar e retirar os óculos

Muitas pessoas ignoram a maneira correta de se colocar e retirar os óculos, o que acarreta com o passar do tempo, em um desgaste maior. É preciso utilizar as duas mãos ao fazer tais movimentos, caso contrário há o afrouxamento do parafuso e a armação se desalinha.

Como limpar lentes de óculos

Mangas da blusa, lenços e até mesmo gravatas são usadas erroneamente na limpeza da lente dos óculos.

Na verdade, tais artifícios colaboram para a degradação das lentes, acarretando o surgimento de arranhões e embaçando a visão ao utilizar os óculos. O ideal é utilizar o pano de microfibra, próprio para a limpeza.

Como guardar óculos?

Óculos deve ser guardado com as lentes viradas para cima.

Guardar os óculos com as lentes apoiadas para baixo, mesmo no estojo, poderá acarretar em arranhões e riscos, mesmo em produtos com tecnologias anti-risco. Sendo assim, é preciso proteger os óculos de riscos e poeiras, armazenando-o de maneira correta.

Atenção com o calor

Deixar os óculos no porta-luvas do carro, por exemplo, dependendo da temperatura do local, poderá deformar ou derreter a armação, inutilizando o objeto, dependendo do material com o qual ela foi produzida.

Revisão frequente

A manutenção dos óculos é um hábito importante para quem pretende mantê-lo em boas condições de uso por um longo tempo. Sendo assim, fazer ajustes na armação, evitando que ela afrouxe, é importante.


Como escolher lentes progressivas

como escolher lentes progressivas

Para escolher as lentes progressivas adequadas, é preciso levar em conta 2 fatores primordiais: primeiro as reais necessidades do usuário, e segundo, as expectativas que ele almeja, como alguns detalhes que são de suma importância para o dia a dia das pessoas.

como escolher lentes progressivas

Vejamos a seguir, algumas dicas de como proceder para escolher lentes progressivas.

Indicações das lentes progressivas

As lentes progressivas são indicadas às pessoas présbitas, ou seja, aquelas que enxergam de maneira nítida apenas em longas distâncias. Após o diagnóstico oftalmológico, a pessoa portadora de presbiopia (ou vista cansada), tem como alternativa de tratamento, o uso das chamadas lentes progressivas, que irão auxiliá-la na melhora de seu campo de visão.

Escolhendo a lente progressiva ideal

Há um tipo de lentes progressivas para cada perfil de usuário, dialogando de forma direta com suas necessidades e anseios.

Se o usuário busca ler melhor, seja um livro ou algum artigo em rede social via smartphone e celular, ampliando seu campo de visão tanto para perto quanto para longe, além de visar facilidade de adaptação e um design básico, a lente ideal é a Multi CO Pro. É a melhor escolha para quem pretende usufruir de qualidade e preço justo.

Já as pessoas que buscam os itens mencionados acima, com o “plus” da tecnologia HDP (High Definition Process) com design flexível e processo digital, as lentes Multi CO PRO HD surgem como a melhor escolha. Ela é indicada também para usuários que possuem predileção por atividades de longa distância.

A terceira opção de escolha em lentes progressivas é o modelo de lentes progressivas Multi CO Select. Indicada a todos présbitas, ela oferece conforto máximo no período de adaptação, equilibra de forma ímpar os campos de visão e proporciona a excelência da visão em qualquer direção desejada.

Como vimos, para escolher as lentes progressivas deve-se levar em conta o estilo de vida e necessidades de cada usuário. Independente do perfil pessoal, há um tipo de lente progressiva que irá de encontro a cada expectativa.