De responsabilidade do médico oftalmologista, o exame oftalmológico é o meio pelo qual a saúde ocular é analisada, com o intuito de prevenir possíveis males na visão, bem como proceder com os tratamentos adequados a cada caso específico quando as vistas são acometidas de alguma deficiência.

exames-oftalmologicos

Exame oftalmológico: necessário nas diferentes fases da vida

A necessidade de se proceder com o exame oftalmológico se faz presente em momentos distintos da vida.

No caso dos bebês, por exemplo, o exame oftalmológico atenta-se ao chamado clarão pupilar, uma forma de avaliar e prever se há riscos de se desenvolver algum problema de visão no futuro.

Já no tocante às crianças, os exames visam acompanhar o desenvolvimento infantil durante a fase escolar, cujo problemas de visão são muitas vezes os responsáveis pelo fato das crianças não corresponderem aos estudos.

Na idade adulta também é importante aderir ao exame oftalmológico, em especial por volta dos 40 anos de idade, período onde aparecem sintomas como falhas de visão durante a leitura, presbiopia, entre outros fatores.

Fatores que fazem parte do exame oftalmológico

Dentre os fatores que compõem a rotina de um exame oftalmológico, temos:

  • Avaliação externa que verifica a normalidade das pálpebras, bem como do segmento anterior do olho;
  • Teste da refração — optometria: responsável por fornecer o grau de cada paciente e analisar de fato, a gravidade de cada caso;
  • Exame do fundo de olho: analisa problemas de visão que estejam relacionados com outras doenças, tais como hipertensão arterial e diabetes;
  • Medida de pressão ocular: essencial para prevenir quadros de glaucoma.

Além da importância do exame oftalmológico para a questão da saúde ocular, ele também é de extrema necessidade, no sentido de ajudar a diagnosticar e acompanhar a evolução de diferentes tipos de doenças.

Visitar o médico oftalmologista é portanto, mais do que uma necessidade, mas um ato de cuidado e amor próprio.