Estiloso, permitindo o uso de diferentes armações, das mais ousadas e coloridas, às mais clássicas, o óculos escuro, também conhecido como óculos de sol, é item recorrente nos looks diários.

No entanto, mais do que um acessório de moda, o óculos de sol deve ser encarado sobretudo, como uma necessidade importante, tendo como principal função, não compor o visual e estética, mas sim, preservar nossa visão.

Afinal, a emissão dos raios UV em contato direto com nossos olhos, pode gerar desde desconfortos, até problemas relacionados à nossa visão.

Mas, há um risco ainda maior para nossa visão, mesmo com o uso do óculos escuro: utilizar um óculos de sol ruim, ou seja, de qualidade duvidosa.

Óculos do tipo “pirata”, por exemplo, ou seja, aqueles encontrados em barracas, sem procedência e que ao invés de proteger a visão, na verdade expõe ainda mais nossas vistas aos raios nocivos, podem ser extremamente perigosos.

Como saber se um óculos escuro é bom ou ruim? Acompanhe para ter sua visão preservada!

Dicas para identificar se o óculos escuro é bom ou ruim

Para você analisar se o produto que tem em mãos é de boa procedência e capaz de garantir a segurança de sua visão e proteção aos raios nocivos, siga as dicas a seguir:

  • Proteção UV

Verifique se o produto possui alguma indicação sobre a proteção aos raios UV. Ela deve ser de 99% ou 100% de absorção UV ou UV 400.

  • Lentes

Verifique a distorção das lentes. Experimente o produto e procure lançar seu olhar para os lados. Houve alguma distorção? Muita? Se sim, evite adquirir o produto pois muito provavelmente a qualidade deixará a desejar. Dúvidas? Entre em contato com a equipe de atendimento Braslab!