Cuidado-distorcao-visao

A distorção da visão é um mal que acomete muitas pessoas. Causado sobretudo pela forte incidência de raios de sol nos olhos, este fenômeno conhecido de maneira popular como “carne no olho” se trata de uma doença degenerativa, atacando principalmente a região interna do canto do olho.

Pterígio: comum em países tropicais

“Carne no olho”, distorção da visão ou ainda Pterígio. Não importa como é chamado, o fato é que tal distúrbio é muito mais comum em regiões tropicais, cujos raios ultravioletas são mais intensos. Pessoas que desempenham atividades onde ficam elevado tempo expostas ao sol são mais suscetíveis ao Pterígio.

Sobretudo no Brasil, o Pterígio ataca principalmente pescadores e surfistas, por exemplo.

Sintomas

Os sintomas mais comuns que o excesso de sol causa na distorção da visão englobam-se desde o surgimento de conjuntivite crônica, vermelhidão ocular, sensação de um corpo estranho nos olhos e ainda constante ardência nos olhos.

Para diagnosticar o Pterígio são necessários exames físico que é complementado então pelo chamado exame biomicroscópico.

Tratamento

Além da questão estética, é necessário proceder com o tratamento do Pterígio devido a diminuição da acuidade visual que a doença proporciona.

Para tanto, é necessário fazer o tratamento de cunho cirúrgico, em especial em casos onde a perca da visão é iminente. Um indicativo para a cirurgia é quando o crescimento do pterígio sobre a córnea ultrapassa a medida de 2,5 mm.

Para executar o tratamento por meio da cirurgia há diferentes tipos de técnicas que se relacionam com cada caso especifico.

Desta forma, ao se encontrar em situação de risco ou sentir alguns dos sintomas mencionados, é de suma importância que se procure um médico oftalmologista para que ele possa tecer o diagnóstico efetivo e correto e proceder com o tratamento mais adequado, de acordo com cada paciente.