Diferenças entre lentes e progressivas multifocais

Quando falamos em visão e lentes, temos nos dias atuais um verdadeiro aparato tecnológico para que a saúde ocular seja obtida e mantida. Neste contexto, as lentes se posicionam como uma das principais ferramentas.

No entanto, há no mercado os mais diferentes tipos de lentes e funções específicas, as quais elas devem ser recomendadas somente por um especialista. As chamadas lentes progressivas e lentes multifocais são alguns exemplos das lentes utilizadas atualmente.

Mas você saberia dizer qual a diferença entre lentes progressivas e multifocais? Que tal entendermos melhor estes conceitos?

Diferenças técnicas
Na verdade, o diferencial entre lentes progressivas e multifocais é o de que toda lente multifocal é progressiva, mas por outro lado, nem todas lentes progressivas são multifocais.

Complicado? Na verdade, não, é algo bem simples, vejam:

• As lentes identificadas pela denominação multifocal necessitam possuir curvatura progressiva (daí a origem do termo progressiva), e também uma graduação para leitura (adição) superior a 0,75D.
• Quando a configuração técnica das lentes está abaixo de 0,75D na área inferior, as lentes são consideradas somente progressivas, cujo uso é normalmente recomendado para a redução da fadiga ocular em pessoas com a faixa etária inferior aos 40 anos de idade, por exemplo.

Já quando falamos em lentes multifocais progressivas, aquelas com área inferior de graduação acima de 0,75D, estamos nos referindo às lentes indicadas para pessoas acima de 40 anos de idade, muitas vezes portadores de presbiopia, também conhecida de maneira popular pelo termo “vista cansada”.

Conseguiu esclarecer a diferença? Se tiver dúvidas e perguntas, deixem seus comentários que a equipe da Braslab terá o maior prazer em esclarecer suas questões referentes ao tema. Aproveite e conheça mais sobre os nossos produtos e processos de fabricação, que oferecem um diferencial competitivo para o seu negócio. Entre em contato!