Com a saúde não se brinca, sobretudo quando falamos em saúde ocular. Porém, infelizmente, ainda hoje, mesmo com todo alarde sobre os cuidados necessários no que diz respeito ao comprar óculos de grau para perto, muitas pessoas ainda ignoram a necessidade de uma receita prescrita pelo médico oftalmologista.

Seja por descaso ou mesmo por desconhecer os riscos à visão, continua sendo comum o fato do indivíduo comprar óculos de grau em camelôs, farmácias, e até rede de supermercados.

Em algumas situações, o paciente até tem a receita e a indicação do médico, mas ao invés de buscar uma empresa óptica de referência, que produza o acessório de tratamento ocular sob medida, adquire os óculos já prontos, com um grau aproximado ao que foi indicado pelo médico.

Você sabe o que pode ocorrer, ao lançar mão deste artifício?

Os perigos de comprar óculos de grau pronto

Dentre os malefícios de se utilizar os óculos prontos, popularmente chamados de “óculos de farmácia”, estão o agravamento da presbiopia, além de provocar o surgimento do astigmatismo.

Há ainda um problema usual decorrente deste comportamento: o fato do paciente ter o distúrbio visual camuflado. Com o uso do acessório inadequado, a pessoa em um primeiro momento sente que a doença diminui ou está sob controle, quando na verdade pode desenvolver diversas doenças silenciosas, como o glaucoma.

Diante deste quadro, retarda-se o tratamento correto das doenças oculares, e em boa parte dos casos, ao ter o diagnóstico tardio, já não há muito o que fazer.

Outro erro ocasionado pelo uso deste material é o fato dos óculos prontos, via de regra, forçar mais uma das vistas do que a outra, acarretando em demais problemas na visão.

Viu como o simples hábito de adquirir óculos de grau pronto pode gerar uma série de problemas em sua visão? Exatamente por todas estas possibilidades mencionadas, nunca lance mão deste artifício.