Não apenas por uma questão estética, mas em especial pela busca do conforto e bem-estar do usuário, a procura por uma lente mais fina para óculos de grau é um fator recorrente no segmento óptico.

Quando o oftalmologista identifica a necessidade do uso de óculos de grau para o paciente, sobretudo quando se trata de alta miopia, o que antigamente se traduzia no (im)popular uso do óculos “fundo de garrafa”, atualmente hoje temos diferentes opções que agregam maior praticidade, e claro, uma estética mais apurada para o indivíduo.

Você sabe exatamente qual o tipo de lente fica mais fina para o óculos de grau? É o que iremos te contar a seguir, acompanhe em mais um post no blog da Braslab.

Lentes de alto índice de refração: óculos de grau mais fino e prático

Para minimizar aquele aspecto denominado “fundo de garrafa” em óculos de grau, caracterizado por lentes grossas, bem similares ao fundo de uma garrafa, literalmente falando, temos como opção, a lente de alto índice de refração.

A vantagem desse modelo de lente é que, quanto mais elevado o índice de refração, menor é a espessura necessária da lente para permitir  a visão nítida do usuário.

Pacientes diagnosticados com mais de 4 graus de miopia tem como indicação, os seguintes índices de refração em suas lentes:

  • 1.67;
  • 1.74;
  • 1.76.

Há outros índices, para graus mais elevados de miopia, que podem ser receitados pelos oftalmologistas.

Além das lentes finas, e importante pensarmos também na questão do design das lentes. Temos no mercado, basicamente dois tipos de lentes neste sentido, as lentes esféricas e lentes asféricas.

As lentes esféricas, como o nome indica, tem o formato de uma esfera, tanto na parte interior quanto exterior das lentes. Tem como ponto negativo, o fato de distorcer a visão no canto das lentes, por exemplo.

Já as lentes asféricas, pelo fato de terem um design plano, uniformizam a visão, sendo uma boa opção.

Dúvidas? Fale conosco!