Frequente em adultos e cada vez mais comum em crianças, a síndrome do usuário do computador tem suas origens no início da popularização desta ferramenta tecnológica, entre as décadas de 80 e 90.

Sindrome-Usuario-Computador

Já naquela época, alertava-se sobre o tempo frente às telas dos computadores, projetando que no século XXI tal hábito poderia levar ao desenvolvimento de uma epidemia.

Você sabia que uma vasta leva de distúrbios oculares é deflagrada devido a isso? Que agora é denominada Síndrome da Visão do Computador, no inglês, Computer Vision Syndrome (CVS).

Entenda melhor sobre esta síndrome e veja os principais problemas causados por ela.

Síndrome do usuário do computador: motivos

O acesso durante longos períodos às telas de celulares, tablets, notebooks e monitores de TV em geral, faz com que nossos olhos não pisquem.

Como as lágrimas são lubrificantes naturais, pelo fato de não piscarmos, não produzimos lágrimas, e com isso, os olhos ficam secos.

Exatamente em decorrência deste quadro, surgem desconfortos visuais, como visão turva, irritação ocular, coceira nos olhos, etc.

Junte-se ao excesso do foco da visão em telas de computadores e similares, alguns agravantes como luminosidade baixa do ambiente, ar-condicionado desregulado e pouca ventilação no ambiente, para que os problemas visuais se intensifiquem.

Como se proteger?

Apostar na ergonomia no âmbito do trabalho e estudo, não se esquecer de piscar, fazer pausas durante o uso dessas ferramentas, além de regular o brilho das telas, é fundamental para proteger a saúde visual.

O uso de óculos com lentes que otimizam a proteção ocular e evitam que a luz oriunda destes aparelhos afete sua visão, caso da lente HB Vision Blue Light UV. Com ampla capacidade de proteção contra as luzes emitidas por tablets, computadores e demais aparelhos eletrônicos em geral, a lente BH Vision Blue Light UV reduz a fadiga ocular e promove o conforto visual.