Category Archives: Mercado Óptico

Óptica organizada – Confira algumas dicas essenciais

organizacao-optica

Em um mercado cada vez mais disputado, cada detalhe é importante para que uma óptica se sobressaia perante as concorrentes. A organização da óptica, por exemplo, merece um carinho especial do gestor, haja vista que, com um público cada vez mais seletivo e exigente, o cliente certamente dará prioridade em fechar negócios em um ambiente com fácil acesso aos produtos, com boa estrutura e organizado.

Falaremos a seguir sobre algumas dicas essenciais para manter a óptica organizada e facilitar não apenas a vida dos clientes, mas sobretudo otimizar atendimento, vendas e fidelização de clientes da óptica.

Organização da óptica: limpeza, conforto e ótima aparência são cuidados básicos
Quando se fala em uma óptica organizada, fala-se sobretudo sobre um local limpo, arejado, bem cuidado e com decoração que dialogue com a temática de uma óptica. Paredes bem pintadas em tons leves e neutros, chão e mobiliário sempre limpos, iluminação adequada do ambiente, entre outros fatores são pontos de extrema relevância para proporcionar melhor conforto e boa impressão ao público.

Organização de produtos, vitrine e atendimento: imprescindíveis para a óptica
Obrigatoriamente, a boa organização da óptica passará pela disposição correta dos produtos, sempre localizados de uma maneira que facilite o acesso dos clientes, bem como a questão da vitrine, sempre essencial para atrair a atenção do público-alvo.

Atualização constante da vitrine, organizando-a de maneira otimizada, de acordo com o estilo dos produtos, categorias, preços, promoções, entre outros detalhes, dará a impressão de uma óptica que está atualizada, e que sempre se renova.

Além dos produtos bem organizados e dispostos nas vitrines, o atendimento é peça-chave para a organização da ótica. Sobretudo em dias e períodos de demanda elevada no atendimento do público, é preciso não deixar clientes “plantados” a espera de um vendedor por exemplo.

Sendo assim, é preciso investir na distribuição de senhas caso haja tal necessidade, bem como na fácil identificação de vendedores e atendentes, para que os clientes identifiquem os funcionários da óptica.

Levando em conta estas dicas básicas de organização da óptica, é possível obter melhores resultados e o aperfeiçoamento do serviço prestado.


Como consolidar sua óptica em meio à crise?

É nítido que a crise que o país enfrenta atualmente pegou em cheio o setor varejista. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dados demonstram que em 2015 houve retração de 4,3% no que diz respeito as vendas em todo o comércio.

No entanto, é nestes momentos que é possível se destacar e se consolidar, sobretudo no ramo ótico. Veja a seguir, algumas dicas para ópticas crescerem na crise.

crise-optica-melhorar-vendas

Atendimento: invista em constantes melhorias

Uma das principais dicas para ópticas crescerem na crise é investir num fator primordial: o atendimento.

Procure treinar constantemente os funcionários e equipe de vendas para ter um diferencial no atendimento, isso poderá lhe render novos clientes e a fidelização daqueles que já conhecem os serviços prestados.

Promoções: faça uma agora mesmo

O fator promoção por si só costuma ser um ótimo gatilho mental, no entanto, em momentos de crise, a óptica pode se sobressair mais investindo em promoções criativas e ações de marketing que chamem a atenção das pessoas.

É possível atrair pessoas para o interior da loja oferecendo somente alguns brindes, por exemplo, o que irá estimulá-las a conhecer a óptica, sendo uma ótima oportunidade de vendas e de se fechar negócios.

Cross-selling

Vendeu uma armação? Que tal oferecer também as lentes ideais e fazer assim outra venda? Assim funciona a técnica de cross-selling. Novamente, a criatividade do vendedor e a versatilidade da óptica farão a diferença.

Pós-venda sempre

O cliente está com dúvida? O produto precisa ser trocado? É fundamental que além de possuir canais que facilitem a comunicação do cliente com a ótica, a óptica se antecipe e vá até o cliente. Veja se ele está satisfeito com o produto, o que ele necessita e como poderá ajudá-lo. O pós-venda é tão importante quanto fechar a venda.

Leia também: 5 dicas importantes para Gestão de ópticas


Atenção, ópticas: Emissor de NF-e gratuito deixará de existir

emissor-nfe-gratuito-opticas

Quem está à frente da gestão de uma óptica e/ou comércio em geral, está mais do que familiarizado com o emissor de NF-e gratuito, ferramenta que otimiza o processo para emitir notas fiscais eletrônicas.

No entanto, esta ferramenta deixará de existir em breve, fato que grande parte dos responsáveis pelo gerenciamento óptico ainda desconhece.

Emissor estava disponível desde 2006

O emissor de notas fiscais eletrônicas utilizado atualmente está em voga desde o ano de 2006, porém será descontinuado no próximo mês de janeiro, em 2017. Por este motivo, gestores ópticos necessitam buscar novas ferramentas no setor que possam substituir o processo e assim, não prejudicar a gestão da óptica e prosseguir com as emissões eletrônicas de notas fiscais aos clientes.

Aplicativo chega ao fim devido à falta de interesse

De acordo com o comunicado feito pela Sefaz – Secretaria da fazenda, o que motivou o fim do aplicativo emissor de notas fiscais eletrônicas foi o desinteresse por parte dos comerciantes. Dados do Fisco relatam que 92,2% dos usuários lançam mão de emissores próprios, o que não provoca o mote necessário para que se invista na atualização de uma nova versão do emissor gratuito.

De acordo com a grande maioria dos empresários do segmento óptico, o que justifica a não adesão ao aplicativo gratuito é o fato dele não permitir a importação de dados já cadastrados dos clientes, por exemplo.

Para os gestores que utilizam o aplicativo, cerca de 7,8% de acordo com as estatísticas, é preciso que comece a se pensar em outras ferramentas que possam otimizar o processo e substituir o emissor atual.

Conforme comunicado da Sefaz:

A Secretaria da Fazenda recomenda que os usuários que já tenham o aplicativo instalado, façam a migração para soluções próprias antes que a introdução de novas regras de validação da NF-e e do CT-e impeçam o seu correto funcionamento. ( Fonte: Secretaria da Fazenda).


5 erros que devem ser evitados no controle de estoque da óptica

controle-estoque-opticas

Desequilíbrio. Este pode ser o fator predominante que irá atrapalhar todo o estoque de uma óptica. Muitos produtos de um item “encalhados” ou ainda a falta de determinados modelos e acessórios, resultam sempre em prejuízo, afinal, ao não se ter um produto, perde-se a venda, e por outro lado, ao se acumular, o que se investiu não se capitalizou.

Há alguns erros que, ao se evitar, ajudarão bastante a boa gestão da óptica, conforme listamos a seguir.

1- Comprar produtos acima ou abaixo do necessário

Aqui entra a regra do equilíbrio. É preciso ter em mente quem é sua clientela, quais modelos e produtos ela está em busca e evitar de comprar muitos ou poucos produtos. Exceder será sempre um custo, além do produto poder se danificar durante o período de armazenamento e cair também no ostracismo.

2- Fazer negociações com fornecedores sem levar em conta atrasos e inadimplência

Muitos fatores devem ser levados em conta quando se negocia com os fornecedores. Imprevistos acontecem, então é necessário ter isso em mente na hora da negociação. Jamais deve-se deixar para efetuar o pedido na última hora também, afinal o cliente conta com o produto e não cumprir o prazo é uma forma de deixa-lo chateado e insatisfeito.

3- Informações do controle de estoque desatualizadas

Erro gravíssimo a ser evitado, pois pode gerar inúmeros erros de logística e criar rombos no estoque.

4- Não saber o que o público procura

Perceba: há sempre uma armação que está fazendo sucesso, vendendo mais. Se o gestor não estiver atento ao mercado, ele corre o risco de não ter este produto e deixar, portanto, de vender.

5- Sazonalidade

Analisar o estoque de forma sazonal é de suma importância, afinal, algumas festas de época, datas especiais e eventos em geral, geram determinada demanda a alguns produtos específicos. Não ficar de olho na sazonalidade é um erro crasso no ramo óptico.


4 Dicas importantes para vendedores em ópticas

Quem trabalha como vendedor em uma óptica sabe que um dos diferenciais para ser bem-sucedido na tarefa de venda não é somente fazer com que o cliente retorne, mas principalmente que ele indique a óptica e o trabalho desenvolvido pelo estabelecimento por meio da eficiência de seus vendedores.

Para cativar e fidelizar estes clientes, bem como alcançar a excelência no atendimento, é importante seguir algumas dicas que falaremos a seguir.

5-dicas-opticas

Alguns fatores importantes para melhor preparar os vendedores:

1 – Auxilie, direcione, ensine o seu cliente
Quando se administra uma óptica, é sempre importante direcionar os vendedores a seguir alguns caminhos que irão ajuda-los no desempenho de suas funções. Os principais caminhos neste sentido são percorrer a loja e conhecê-la, conhecer bem os produtos que a óptica vende, saber dados relacionados à concorrência e memorizar os preços dos produtos comercializados.

2 – Todos os colaboradores devem ser especialistas no assunto
É preciso que o vendedor de uma óptica tenha em mente que ele necessita, antes de tudo, ser um especialista no assunto. Isso contará muito para que ele consiga vender e atender bem o seu público. Ele deve possuir o conhecimento técnico daquilo que vende, que serão as ferramentas do sucesso de sua venda, afinal, ele deverá saber orientar ao cliente o produto correto, oferecendo a melhor solução para a problemática do cliente.

3 – Boa apresentação pessoal
Outro fator determinante para um bom vendedor é sua apresentação pessoal. Uso do uniforme, sempre limpo e bem passado, aparência pessoal sempre com zelo, sem exageros, decotes ou roupas desleixadas são detalhes importantes para passar uma boa imagem.

4 – Ótimo atendimento ao cliente
Já no que tange o atendimento ao cliente, atenção e paciência são de suma importância para que o cliente se sinta bem ao adentrar na óptica. Simpatia e cordialidade no atendimento, e a capacidade de se colocar no lugar do outro, a empatia, certamente trarão ótimos frutos, traduzidos em vendas e na fidelização do público, além é claro da melhor propaganda do mercado, a do boca a boca.


5 Coisas importantes sobre gestão de ótica

Mercado Óptico

Mercado Óptico

Otimizar a gestão de uma ótica requer alguns procedimentos-chave, que irão contribuir na ganha de tempo, na prevenção de possíveis erros, bem como no melhor retorno financeiro. Para tanto é preciso se ater a alguns fatores de uma importância no que se refere a administração e gestão de negócios.

1- Investir em tecnologia
A sentença “time is Money” (tempo é dinheiro) se mantém muito atual nos dias de hoje, e se falamos em gestão de ótica, falamos também sobre gestão de tempo. Neste sentido, a tecnologia é sempre uma forte aliada. Inúmeros softwares e aplicativos de gestão, contribuem para que se armazena e se utilize de forma mais otimizada dados de clientes, serviços e produtos. É importante que o administrador de uma ótica fique atento às novidades e invista naquelas que melhor convém ao negócio.

2- Se atualizar
Em qualquer área ou função, principalmente na administrativa, se atualizar e se reciclar são itens obrigatórios, ao menos para os profissionais que almejam sucesso. Observar o mercado, identificar as necessidades dos clientes e sair do comodismo e lugar comum é essencial para exercer uma boa gestão.

3- Planejar
Administrar ótica requer antes de tudo, um bom planejamento. Isto inclui estabelecer metas a curto e a longo prazo, mantendo o controle da gestão, sem imprevistos ou surpresas desagradáveis. Além de planejar o tempo e os métodos de ações, o planejamento financeiro se faz necessário para o bom andamento do negócio.

4- Prever adversidades
No mundo da gestão, é relevante estar sempre um passo à frente. Se precaver para o surgimento de momentos conturbados é importante. Uma reserva financeira, por exemplo, poderá auxiliar e muito o empreendedor num possível momento de crise.

5- Separar o pessoal do profissional
Não misturar as agendas pessoal e empresarial é obrigatório quando se fala em gestão de ótica, por mais difícil que isto possa parecer as vezes. É importante neste caso, investir na racionalidade, bem como no jogo de cintura, para não priorizar demasiadamente um viés ou outro, mas sim equilibrar e não misturar as ações.


Como encantar o cliente da sua óptica?

Encantar clientes ópticas

 

Cativar os clientes e mostrar que está ao lado deles é a melhor maneira de os fidelizar e ter neles, seus melhores divulgadores. Por meio de determinadas atitudes e posturas frente ao público, é possível exercer o encantamento necessário para que a óptica seja referência perante as demais e ganhe a simpatia dos consumidores. A seguir, algumas dicas de como encantar os clientes de ópticas.

Empatia: colocando-se no lugar do próximo
Uma boa forma de ganhar a confiança do cliente e ao mesmo tempo conquista-lo, é tendo a sensibilidade de se colocar no lugar dele. É um hábito bem simples, basta se perguntar: e se fosse eu?

Para isso, é necessário investir no treinamento dos colaboradores, para que eles estejam engajados e alinhados com as reais necessidades dos clientes.

Qualidade de produtos e de atendimento
Cordialidade, simpatia e educação são chaves que abrirão os caminhos para que os clientes se sintam estimados e queridos. Investir no bom atendimento é fundamental para que a óptica seja bem-sucedida.

Além disso, é preciso que a qualidade dos produtos oferecidos, desde armações, óculos, lentes, etc., sejam de ótima qualidade e procedência.

Desta maneira, é possível fidelizar os consumidores, que estarão sempre de volta à óptica quando for necessário.

Soluções e proximidade com o cliente
É importante que a óptica ofereça um serviço que atraia o cliente, de forma a deixa-lo cada vez mais próximo. Antes de tudo, é preciso pensar nos clientes como parceiros e parte integrante do sucesso da óptica.

Para tanto, é interessante entender quais os problemas que ele busca solucionar e ter em mãos a melhor solução neste sentido, para assim garantir que ele fique satisfeito e ainda indique os serviços da óptica para outras pessoas que se encontram com os mesmos problemas.

Surpreender
Investir em um “algo a mais” fará toda a diferença no atendimento e no encantamento para com o cliente. Ao vender óculos, descontos são sempre bem-vindos, porém não é tudo. Ofereça brindes, como estojos personalizados para os óculos, entre outros produtos que sejam úteis. Isso causará uma ótima impressão.


Conheça 10 estatísticas importantes do mercado óptico

Há um provérbio inglês que diz: “Os números não mentem jamais”. Tal enunciado faz sentido, sobretudo quando falamos em relação ao mercado óptico e suas principais estatísticas.

estatisticas-importantes-mercado-optico

Dados de 2012, por exemplo, indicavam que o mercado óptico era responsável por 0,46% do PIB, alcançando um faturamento maior que 19 bilhões de reais, o que deixa claro a proporção da importância do setor óptico para o mercado e a economia.

Ao administrar uma óptica, é de bom senso utilizar-se de algumas estatísticas de maior destaque e importância para sintonizar-se com as novidades e tendências do setor, bem como notar as necessidades dos clientes, para assim, crescer e se atualizar sempre. A seguir, as 10 estatísticas mais relevantes do mercado.

1- Produtos mais vendidos
O que tem feito mais sucesso em vendas no ramo óptico? Armações, tanto para óculos de grau ou de sol, bem como lentes e acessórios, lideram o ranking.

2- Costumes dos consumidores
Alguns fatores motivam os clientes a optar por uma óptica, são eles: ambientação, vitrine, variedade de produtos e serviços. Honestidade, atendimento personalizado e em domicilio também cativam os clientes.

3- Importados
Em comparação aos produtos ópticos nacionais, a opção pelos importados sobressai de acordo com as estatísticas.

4- Regionalidade
De acordo com números recentes, os locais que demandam materiais e produtos ópticos são: Sudeste (47,7%), Nordeste (24,8%), Sul (15,7%), Centro-Oeste (7,7%) e Norte (4,1%).

5- Projeção
Em 2012 tivemos 19,5 bilhões de reais de faturamento no setor óptico. Para 2017, dados estimam que o montante movimentado no mercado ultrapasse 39 bilhões de reais.

6- Qualidade
Com muito mais informação disponível, o consumidor atual busca acima de tudo, qualidade nos produtos ópticos, sobretudo no tocante à nitidez da visão.

7- Evolução
Os números apontam que alguns desafios foram finalmente vencidos, e superados, como um produto final com qualidade superior e mão de obra mais qualificada;

8- Para evoluir
Combater a pirataria é um desafio a ser vencido no futuro e na atualidade.

9- Classes de consumo
Pesquisas revelaram que as classes B e C resultaram no consumo de mais de 86% do mercado óptico brasileiro, sendo que a região Sudeste concentrou 58,02% do consumo destas classes.

10- Gêneros
67% dos homens e 59% das mulheres são usuários de armação de receituário, enquanto no quesito óculos de sol há quase um empate: 67% dos homens e 65% das mulheres.

Que tal se embasar nestas estatísticas para traçar suas estratégias de marketing e otimizar o crescimento de sua óptica?