Enxergar bem e além, quem não quer? Quem tem entre 30 e 45 anos assistiu desenhos animados durante a infância, deve se lembrar da série Thundercats, cujo personagem Lion entoava a frase:

“Espada justiceira, dê-me a visão além do alcance”. E o que isso tem a ver com Visão Periférica? É simples, a Visão Periférica é um tipo de visão que vai “além do alcance” comum, pois nos permite enxergar bem não apenas o que está no foco, mas sobretudo, o que está à nossa volta.

Visão periférica, o que é?

 Você tem boa Visão Periférica?

Um exemplo muito utilizado para ilustrar uma boa Visão Periférica remete ao futebol. Quando um jogador surpreende, fazendo um toque ou lançamento para outro companheiro de equipe, de uma forma incrivelmente desafiadora e inesperada, encontrando um espaço no campo que só ele parece ter visto, sem sequer demonstrar ter olhado para este local, certamente ele possui uma ótima Visão Periférica.

Melhor do que falar, veja você mesmo um claro exemplo, no vídeo a seguir:

Isto ocorre porque, neste caso, a visão se forma na periferia da retina, fora da mácula. Ela percebe movimentos, objetos, sobretudo à noite, porém sem tanta nitidez ou foco.

A Visão Periférica é fundamental para nossa locomoção, para dirigir e também para ser um supercraque de futebol.

Como otimizar a Visão Periférica?

Com o excessivo uso da tecnologia atualmente, cada vez mais deixamos de treinar nossa Visão Periférica. Costumamos focar longos períodos da nossa visão, em telas de notebooks, computadores, tablets, celulares, games, entre outros. É exatamente aí que mora o perigo.

Uma dica para treinar a amplitude do poder de alcance de seus olhos é procurar perceber ao seu redor, mesmo enquanto olha para um livro ou tela. O mundo “externo” às telas, as cores, os objetos que estão no ambiente, as luzes, procure perceber todos estes detalhes para ampliar seu campo de visão e não deixar com que sua visão periférica adormeça.

Jamais se esqueça de que nossos olhos reagem aos estímulos, portanto, é necessário sempre que possível, investir em gestos que os estimulem.