Category Archives: Astigmatismo

Qual a melhor lente de óculos para astigmatismo?

lentes para quem tem astigmatismo

Você foi diagnosticado como portador (a) de astigmatismo pelo seu médico oftalmologista?

Então é o momento de investir na melhor lente de óculos para astigmatismo! Você sabe qual a melhor neste sentido? Saiba mais sobre este distúrbio ocular e sobre o tipo de lente mais adequada para efetuar o tratamento.

lentes para quem tem astigmatismo

Astigmatismo: o que é?

O astigmatismo pode ser definido como um distúrbio da visão. Pacientes diagnosticados com este quadro, possuem a córnea com um formato semelhante a um ovo.

Neste sentido, o globo ocular retrata a luz em ângulos diferenciados ao que ocorreria normalmente. Esta deformação da córnea acarreta na formação de imagens distorcidas, prejudicando assim a acuidade visual do indivíduo.

Em alguns casos, o astigmatismo também ocorre associado a outras doenças, tais como à Miopia ou à Hipermetropia.

Suas causas são variadas, indo desde alguma doença ocular já existente, hábito de coçar os olhos e até mesmo por questões hereditárias.

Alguns sintomas do astigmatismo são:

  • Confundir letras e números visualmente parecidos;
  • Fotofobia (sensibilidade à luz);
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Dor de cabeça;
  • Visão dupla;
  • Fadiga ocular;
  • Visão borrada.

Óculos para astigmatismo: lentes

De acordo com a necessidade de cada paciente, há diferentes tipos de lentes capazes de supri-la.

Em linhas gerais, as lentes cilíndricas para os óculos são as mais indicadas, sendo que as lentes de contato corretivas também poderão ajudar no tratamento.

Há algumas marcas e tipos de lentes que apresentam qualidade superior e merecem a atenção do paciente, no sentido de se beneficiar com o tratamento, bem como usufruir da melhor relação custo e benefício.

As lentes Hiperclean, as lentes progressivas Multi C.O., dentre outras produzidas pela Braslab e empresas parceiras, podem ser ótimas opções.

Dúvidas? Fale conosco, será um prazer contribuir com maiores informações e não deixe de consultar seu médico oftalmologista.


Entenda o que é o astigmatismo

astigmatismo-o que é-tratamento

Assim como a miopia e hipermetropia, o astigmatismo é um distúrbio ocular que pode afetar as pessoas em qualquer idade.

astigmatismo-o que é-tratamento

O que é astigmatismo?

O astigmatismo ocorre quando a imagem é projetada para fora da retina, o que causa dificuldades em enxergar com nitidez objetos distantes e/ou próximos (depende do grau de astigmatismo).

Pessoas com astigmatismo têm o globo ocular em formato mais oval, dessa forma, a luz é refratada em ângulos diferentes e a imagem fica borrada.

Causas do astigmatismo

As estruturas da córnea e cristalino – de uma pessoa com astigmatismo – são irregulares. Em geral, a causa do astigmatismo é hereditária, mas também pode ser provocado devido a algum trauma ou alguma doença ocular.

Pessoas míopes ou com o hábito de coçar os olhos também podem desenvolver o astigmatismo.

É necessário esclarecer que esse distúrbio ocular não é causado por hábitos como a leitura em pouca luz ou contato excessivo com a TV.

Sintomas do astigmatismo

Indivíduos com astigmatismo confundem letras e números visualmente parecidos. Por exemplo, confundem o número 8 com o número 0, ou letras como, H; M; N.

Outros sintomas envolvidos são fadiga ocular, sensibilidade à luz (fotofobia), visão dupla, dor de cabeça, dificuldade para ler letras pequenas, visão borrada e vermelhidão nos olhos.

Astigmatismo: diagnóstico

Para identificar o astigmatismo com precisão é necessário consultar um médico oftalmologista para realizar o diagnóstico.

Os principais exames para diagnóstico dos astigmatismo são o exame de refração e o teste de acuidade visual.

  • Exame de refração: com o foróptero é possível determinar o tipo de lente corretiva a ser utilizada.
  • Teste de acuidade visual: o teste de acuidade visual é capaz de identificar a capacidade de enxergar a uma determinada distância.

Tratamento para o astigmatismo

O astigmatismo é tratado com óculos de lentes cilíndricas ou lentes de contato corretivas, depende da necessidade de cada indivíduo.

Ao identificar desconfortos relacionados com sua visão, procure consultar sempre um oftalmologista.


O que são Erros de Refração?

erros-refracao

erros-refracao

Em assuntos relacionados com visão, é bem comum a utilização do termo erros de refração. Eles ocorrem quando os feixes de luz acabam sendo desviados do seu foco original, que é a região da retina, devido ao formato ocular.

Uma das características dos erros de refração é a pouca ou quase nula nitidez da visão, com quadros adversos à saúde dos olhos, sendo que algumas das patologias mais recorrentes são bem conhecidas, como a presbiopia, miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Presbiopia

Este erro de refração chamado de presbiopia está relacionado com a lente natural dos olhos (cristalino) e também com a questão da idade, surgindo geralmente em pessoas na faixa etária dos 40 anos. Chamada de “vista cansada”, a presbiopia pode ser corrigida com o uso de óculos multifocais.

Leia também: Entenda o que é Presbiopia, também conhecida como vista cansada

Miopia

Um dos mais recorrentes tipos de erros de refração, a miopia atinge cerca de 30% das pessoas, sendo que asiáticos costumam desenvolver de forma mais acentuada esta patologia (até 70%). Neste erro de refração, a principal reclamação dos pacientes é a dificuldade de enxergar objetos a longa distância. Ela pode aparecer entre os 8 e 14 anos e progredir até cerca de 25 anos, período onde ela costuma se estabilizar.

Leia também: Como é a cirurgia de correção da miopia?

Hipermetropia

Ao contrário da miopia, a dificuldade na hipermetropia é a de se enxergar objetos próximos, no entanto, a visão distante também sofre com a perda da nitidez. Pessoas acometidas desta disfunção também costumam sofrer com dor de cabeça e fadiga ocular.

Astigmatismo

Quanto ao astigmatismo, ele se caracteriza via de regra, por irregularidades no tocante a córnea. Ela perde sua forma esférica, tornando-se elíptica, o que causa a distorção da visão. Neste caso, tanto a visão de perto quanto de longe são comprometidas e afetadas.

É importante que ao sentir quaisquer sintomas mencionados, se procure um médico oftalmologista para que ele possa tecer o correto diagnóstico e também proceda com o tratamento adequado.


Os tipos de astigmatismo e as lentes corretivas

causas-astigmatismo

causas-astigmatismo

Ocorrendo em pessoas de qualquer faixa etária, o astigmatismo compreende a uma imperfeição visual que necessita de correção para que a visão distorcida e borrada seja otimizada e o paciente passe a enxergar normalmente.

Em geral, o astigmatismo é divido em:

• Astigmatismo Miópico Simples: pode ser corrigido com o uso de lente cilíndrica do tipo Plana/Cilíndrica Negativa.
• Astigmatismo Miópico Composto: pode ser corrigido com o uso de lente cilíndrica do tipo Esférico negativo e Cilíndrico negativo.
• Astigmatismo Hipermetrópico (ou Hiperópico Simples): pode ser corrigido com o uso de lente cilíndrica do tipo Plano/Cilíndrica Positiva.
• Astigmatismo Hipermetrópico Composto (ou Hiperópico Composto): se corrige com o uso de lente cilíndrica do tipo Esférico Positivo com Cilíndrico Positivo.
• Astigmatismo Misto: costuma ser corrigido com o uso de lente cilíndrica do tipo Esférico Positivo ou negativo, mas com o Cilíndrico em vergência contrária.

Causas do Astigmatismo

O astigmatismo acontece em decorrência da uma forma irregular do cristalino ou córnea, o que altera a concentração de luz na retina, resultando na visão turva e embaçada.

É preciso ter o diagnóstico correto efetuado pelo médico oftalmologista para que o paciente procure formas de tratamento corretivo, como por exemplo, o uso de lentes corretivas.

Lentes corretivas para astigmatismo

O uso de lentes corretivas propicia aos usuários a compensação da forma irregular do cristalino ou córnea, permitindo que a luz na retina possa se concentrar de maneira adequada.

Há lentes disponíveis no mercado, amparadas pela mais alta tecnologia de ponta, visando o tratamento e correção mais eficaz para a visão. É o caso das lentes que possuem Desenho de Estabilização Acelerada (DEA). Tal tecnologia permite o melhor posicionamento das lentes nos olhos, minimizando ao máximo casos em que elas girem ou mudem de posição, fazendo com que elas se posicionem rapidamente até a posição de origem.

A consequência desta tecnologia é uma visão com ampla estabilidade e conforto.